DraftSight Aula 06: Entendendo terrenos com desnível

Neste curso, aplicarei a mesma didática do curso de AutoCAD, ou seja, exploraremos os comandos ao longo do desenvolvimento de um projeto arquitetônico. Isto quer dizer que você aprenderá DraftSight bem como assimilará conceitos de construção civil importantes para quem deseja ou já trabalha na área.

Desta forma, veremos hoje o conceito de levantamento topográfico e curvas de nível, uma vez que a residência assobradada, objeto de nosso estudo, será desenvolvida em um terreno com desnível, o qual já pode ser baixado no menu DraftSight > Arquivos AulasDraftSight do site www.construir.arq.br.

O levantamento topográfico permite a representação fiel de uma área de acordo com a escala exigida, a partir de um número suficiente de coordenadas de pontos da superfície do terreno, bem como seus acidentes geográficos e outros pormenores de seu relevo. 
Os acidentes geográficos considerados de relevo são representados por taludes e por curvas de nível, que consistem em linhas que assinalam pontos com uma mesma cota altimétrica ou altitude. Resumindo, a curva de nível é uma maneira de se representar graficamente as irregularidades, ou o relevo, de um terreno conforme exemplo da Figura 6.1. Para mais detalhes, baixe a apostila no menu Áreas Temáticas > Infraestrutura > Aulas/Download do site www.construir.arq.br (nome do arquivo: Aula_1_Curvas_de_Nível.pdf).
 Figura 6.1: Entendendo a representação e equidistância das curvas de nível
Fonte: Gomes (2007)
(Clique sobre a imagem para ampliar)
Abra o arquivo padrão que desenvolvemos na Aula 05, salve-o com outro nome (Ctrl + Shift + S) e copie o terreno para dentro do mesmo usando um ponto de referência (selecione o terreno, aperte Ctrl + Shift + C, marque o ponto de referência e, no arquivo padrão, aperte Ctrl + S). 
Como desenvolveremos a residência assobradada na escala 1:50, isto é, quando impresso, o desenho ficará 50 vezes menor que o desenho original, apague os retângulos com os padrões das demais escalas (selecione os retângulos e aperte a tecla Del ou Delete ou, ainda, clique sobre o ícone do comando Excluir na barra de ferramentas).
Ajude a fazer este blog postando uma sugestão abaixo, tornando-se um seguidor na aba lateral esquerda e divulgando entre seus amigos! E, se desejar ser notificado sobre a próxima videoaula, inscreva-se em meu canal do youtube

Acompanhe o passo a passo desta aula no Vídeo 06: 

REFERÊNCIAS

GOMES, P.T. Formas de relevo e curvas de nível. [S.l. ], 2007. Disponível em: <http://geographicae.wordpress.com/2007/06/09/formas-de-relevo-e-curvas-denivel/>. Acesso em: 02 fev. 2010.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

13 comentários

  1. Paulo Dom disse:

    Perfeito, adorei a aula sobre topografia.
    Nem sempre agente sabe usar bem essa parte.
    Vejo muitos construtores pra facilitar faz platos e acaba com a topografia da casa e não sabem colocar a casa em cima de um terreno com diferentes níveis topográficos.
    Grade abraço …mandou bem Arq. Roberta Miranda.

  2. Paulo Dom disse:

    Não sei se o draftsight vai substituir o CAD porem vai dar um folego para quem está começando com escritório de arquitetura, e não quer ser fora da lei.
    Pois em 18 anos como desenhista projetistas andei por mais de 8 escritórios de arquitetura e engenharia e construtora, pequenas, medias e grandes todas sem exceções usava CAD pirateado, inconcebível mas é a realidade.
    Agora vejo que tem um similar ao CAD que não haverá necessidade dessa fraude imoral, pois brigamos por um pais justo e sem corrupção e usar software pirata não nos ajuda a combater isso.
    Alias coloca esse escritórios no mesmo nível dos políticos corruptos.
    Que Deus nos proteja dessa maldição.

    • Olá Paulo, sou contra a pirataria, mas comparar arquitetos e engenheiros que usam softwares piratas com políticos corruptos é forçar a barra… Fui dona de escritório durante sete anos e sei o quanto custa manter um negócio próprio, alta carga tributária, custo dobrado com funcionário registrado, softwares caríssimos (quase inacessíveis para escritórios pequenos)… Já fui gerente também de um escritório conceituado, que tinha software pirata, funcionários não registrados e mesmo assim fechava muitos meses no vermelho… Por que? Infelizmente muitos acham o valor do projeto caro e não aceitam pagar o preço justo, que mantenha um escritório com as contribuições fiscais em dia… Ou você acha que os profissionais gostam de ficar na informalidade??? Se houvesse incentivos, teríamos mais arquitetos e engenheiros registrados… Se o software fosse mais acessível, não existiria pirataria… Não estou justificando nada, apenas descrevendo a realidade de quem teve escritório próprio, trabalhou como funcionária durante 8 anos e só foi registrada aos 35 anos quando decidiu ser professora! É isso ai, tirei minha carteira de trabalho há apenas 3 anos… E não julgo meus ex-patrões, pois sei o quanto é difícil ser dono de escritório no Brasil! E sou amiga de todos!
      Atenciosamente
      Roberta

    • Anonymous disse:

      Roberta concordo plenamente com você em relação aos AutoCad pirata. A maior culpa é do governo com a maior carga de impostos em cima de tudo que usamos, se os impostos fossem baixos os preços seriam acessiveis a todos e não iria existir a “pirataria”. Quem deixaria de comprar um AutoCad original se a diferença de preço para um pirata fosse pequena? Outra coisa, quem vai construir sempre acha que deve economizar nos projetos, ele esquece que esta é a parte mais barata da sua construção. Por isso um esc. de arquitetura fica numa situação complicada na hora de fechar um negócio.Parabéns pelas aulas. Flávio

  3. Paulo Dom disse:

    Entendo perfeitamente sua colocação, mas afirmo não forcei a barra.
    Temos escolhas não é? Pirataria é uma escolha.
    Quando comparo com políticos mal intencionado afirmo que podemos ser diferentes.
    Pois se fizer qualquer tipo de coisas errada estaremos sim no mesmo patamar.
    O que falo aqui não pra ofender ou denegrir a imagem de quem usa software não registrado, só estou dizendo que tem outras possibilidade de sermos diferente é isso.
    Percebi pela sua reação que você levou pelo lado emocional, e não é isso.
    Faço parte da luta contra tudo de errado que está por ai.
    É isso, eu só quero que todos veja as possibilidades de não ser ou fazer algo de errado.
    Encerro aqui essa discussão sobre pirataria pois sou contra e lutarei contra, pois desenvolvo software e sei o quanto me custa manter um escritório, sim com todos os funcionários registrado e depois ver alguém usando seu software sem ter comprado, e eu com contas para pagar.
    Abraço, fique com Deus.

  4. Amilton Cândido disse:

    Roberta, como retiro do levantamento planialtimétrico os perfis longitudinal(direita e esquerda) e transversal? Depois, como coloco eles nos cortes AA e BB? Mandei um arquivo com a minha dúvida para seu e-mail.
    Obrigado!

  5. Ramon Fontes disse:

    Roberta,
    seu blog é ótimo eu tenho apenas 13 anos. mais gosto muito de engenharia, arquitetura e etc.
    continue com o seu ótimo trabalho, seu blog esta me ajudando mt.
    ass: Ramon
    OBG!

  6. laercio disse:

    Sensacional esta aula, e mais uma vez parabéns á você pelas aulas. Poderiamos fazer todo o curso da residência assobradada no AutoCad?

  7. Boa noite! Esse software é o que me faltava para migra pro Linux… tem meses q estou usando este software com o sistema operacional ubuntu e está me atendendo perfeitamente, agora só falta um para substituir o Topograph e eu nao precisar do sistema windows nunca mais, estava cansando de tanto virus… Excelente suas aulas Drª Roberta… Parabéns e muito obrigado por ter nos fornecido essa oportunidade de aprender sempre mais!

Escreva um comentário